Elon Musk compra US$ 1,5 bilhão em bitcoin e esquenta o mercado de criptomoedas

Veja o que especialistas falam sobre essa movimentação bilionária de Elon Musk em bitcoin.

A Tesla do empresário Elon Musk comprou US$ 1,5 bilhão em bitcoin, a empresa planeja aceitar a criptomoeda como pagamento. Essa movimentação aqueceu o mercado e fez com que o Bitcoin atingisse a marca de US$ 44 mil nesta segunda-feira (08/02).

Esse boom mexeu com o mercado e a tendência é que o Bitcoin continue a crescer nos próximos dias. Pensando nisso, especialistas do mercado falaram sobre essa movimentação.

“A alta do Bitcoin está ocorrendo por conta do movimento de compras institucionais que está se intensificando desde o final do ano passado. Já são players como MicroStrategy e fundo Grayscale com bastante posicionamento no criptoativo. Hoje a disparada de preço se deu pela entrada da Tesla, do Elon Musk, corroborando esta tese de investimento, que é entusiasta das criptomoedas e o homem mais rico do mundo. O impacto é gigante, sendo um “selo” de validação muito importante para nosso mercado.” diz Vinicius Frias, CEO da empresa Alter.

“A tendência do Bitcoin ao longo prazo é de alta. E com a entrada do Elon Musk no mercado, que comprou 1,5 Bi de dólares em Bitcoin, mostrando que que o os grandes investidores realmente estão acreditando no futuro da criptomoeda preocupados com a inflação e dominância do dólar no longo prazo e vendo a concretização do Bitcoin como reserva de valor”, disse Ricardo Dantas, CO-CEO da Foxbit.

Bitcoin é uma criptomoeda virtual descentralizada ou um dinheiro eletrônico para transações ponto-a-ponto, apresentada em 2007 por um programador ou grupo de programadores sob o pseudônimo Satoshi Nakamoto, é considerada a primeira moeda digital mundial descentralizada, que constitui um sistema econômico alternativo, e responsável pelo ressurgimento do sistema bancário livre. Fonte: Wikipédia.


Veja também


Leave a reply

Please enter your comment!
Please enter your name here