Tinder e Grindr podem ter vazado dados e orientação sexual de brasileiros

tinder e grindr

Caso as empresas responsáveis pelo Tinder e o Grindr sejam condenadas poderão sofrer multas que podem chegar a R$ 9 milhões

Os aplicativos de relacionamento Tinder e Grindr serão notificados pela secretaria Nacional dos Consumidor do Ministério da Justiça do Brasil por suspeita de venderem dados dos usuários, inclusive informações relacionados à orientação sexual de seus usuários.

As informações são da coluna de Lauro Jardim (O Globo). De acordo com o jornalista, a Senacon dará um prazo de 10 dias para que encarregados dos aplicativos no Brasil esclareçam a suspeita de que as informações de clientes brasileiros foram negociadas de forma ilegal.

Os apps já foram acusados de violar a privacidade de seus usuários em outros países, como Noruega. Em caso de condenação, as empresas poderão sofrer multas que podem chegar a R$ 9 milhões.

Fonte: Metropoles.com

Veja também:

Acompanhe o InfoPapo no Facebook e no Instagram

Voltar para a Página Inicial

Deixe seu comentário ou sugira um tema que você quer ver aqui no InfoPapo